Bolo de batata… porque o bacalhau está caro!!!

img_6805

Ora, quem gosta de bolinhos de bacalhau? Gostam todos? Pá, mas isto não são bolinhos de bacalhau. O bacalhau anda a 10€/kg (no mínimo)! Eu não tenho uma árvore de notas na varanda! Já bastam os meus gatos a comer as ervas!

Portanto, e seguindo as instruções da pessoa mais sábia que conheço na cozinha – a minha mãe – deixo-vos com uma receita de bolos de batata e couve, que é a coisinha “mais boa” do planeta.

img_6800

Ingredientes:
500gr de batata
6 folhas de couve penca
1 ovo
Farinha de trigo
Salsa a gosto
Sal a gosto
Passos:
1: Descascar as batatas e cozer com as couves.
2: Depois de cozidas, manualmente, reduzir tudo a um puré 
(trabalhai que essas mãos servem para isso).
3: Bater um ovo e adicionar ao puré, misturando tudo muito bem.
(Se for com as mãos fica bem nojento ;) )
4: Temperar com sal e adicionar a salsa picada 
(não é enfiar meio kg de salsa como eu faço).
5: Ir adicionando a farinha aos poucos até ficarem com uma 
consistência ao vosso gosto. 
(No meu caso, o preparado deve se segurar sozinho mas 
apresentar-se bastante húmido ao toque)
6: Numa frigideira, meter o óleo a aquecer.
(Quem pensou que isto era saudável, enganou-se bem)
7: Colocar farinha num prato. Ir tirando pequenas quantidades
do preparado, moldar em bola e passar pela farinha.
(Eu gosto de bolas mas formato croquete é bom)
8: Com o óleo bem quente, colocar as vossas bolas a fritar.
(Ou as vossas croquetes, tanto faz)
9: Retirar quando as bolas se apresentarem com um tom dourado.
(Tom dourado é diferente de tom castanho torrado)
(Acreditem que eu sei)
10: Colocar as vossas bolas num prato com papel absorvente.
(Com a quantidade de óleo que aquilo vem, dá para trocar
o óleo de um carro durante 5 anos)

voilá! Habemus bolinhos de batata. Claro que isto com bacalhau é outra coisa, mas não se pode ter tudo.

img_6803


Outros detalhes:

Sem lactose: Sem problema aqui.

Sem glúten: Usar farinha sem glúten. Digo já que farinha de grão de bico dá uma tonalidade bonita.

Vegan: Deixai rolar o ovo! Podem sempre adicionar um bocadinho de cúrcuma/açafrão das Índias caso queiram um interior mais amarelinho. Mas também posso fazer isto com chouriço portanto não reclamem muito!

Paleo: Acho que não passa por causa da farinha e talvez da batata! Desenrasquem-se!

Low carbAH! Não vão comer disto, não!

Keto: Também não passa devido à quantidade de hidratos de carbono! Eu já referi que não era saudável?!

Sem adoçante nenhum: Pelo menos a salvo nisto!

Outros: Obviamente que podem tornar isto mais saudável cozinhando no forno! Forrem um tabuleiro a papel vegetal e pincelem-no com azeite (POUCO AZEITE). Meter no forno a 200ºC e ir verificando a cozedura (devem ser por volta de 15 a 20 minutos). Virar quando acharem que devem virar para que cozinhe dos dois lados (ou ai aos 10 minutos.

Outros 2: Podem também adicionar outros vegetais tipo cenoura ripada, curgete, cebola. Também podem fazer a base com batata doce por serem ranhosos com o amido da batata.

Se tudo correu bem, ficaram com uns bolinhos saborosos e com uma cozinha para lavar! Experimentem e mostrem! E podem vir cá comer qualquer dia! E já agora, fiquem com a foto de um gato!

img_6525

Anúncios

Pão velho = Croutons!!!

Quem é que já se deparou com um pão velho no saco e não sabia o que fazer? Eu… e provavelmente muitos de vocês. E o que fazer com ele? Para o lixo??? Para os animais? Para a testa de alguém porque é tão duro? Não. Não vale a pena desperdiçar pão quando se podem ter croutons. Também podem ralar mas isso não tem jeito!

Croutons 1

Não sei quanto a vós mas eu gosto muito de croutons, especialmente a saber a alho. Mas acho que todos já viram que os croutons de Supermercado estão especialmente CAROS! Para que dar 2€ por um saquinho deles quando se pode fazer em casa por menos de 0,50€?

Croutons do Tio:

Ingredientes:
2 fatias de pão velho (também pode ser feito com pão fresco)
1 dente de alho
1 + 1/2 de sopa de azeite
1 dente de alho bem picado
sal 1/b
Pimenta preta q/b

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Cortar as fatias de pão em quadrados. 
Colocar o pão numa travessa de ir ao forno.
Dosear o azeite e o alho picado e misturar. 
Temperar com sal e pimenta a gosto e misturar de novo.
Meter no forno durante 10 minutos ou até estarem com uma cor apetecível.

(Não interessa se gostam de pão tostado)
(Preto carvão não é uma cor apetecível)

E voilá! Se conseguirem fazer isto para vender, aproveitem! A receita não é original minha, mas há tantas iguais que nem sei onde a fui buscar. Eu uso-os principalmente em saladas e sopas, mas divirtam-se.

PS.: Croutons de pão de centeio ficam especialmente saborosos!

Croutons 2


Outros detalhes:

Sem lactose: Vejam nos ingredientes do pão se há leite.

Sem glúten: Agora há pão sem glúten para todos os gostos e feitios..

Vegan: Desde que não se lembrem de meter bacon, acho que estão safos! (Sim, há croutons de alho e bacon! É só adicionar bacon picado com o alho!)

Paleo: Não, é pão.

Low carbNão, ainda continua a ser pão!

Keto: PÃOOOOOOOO!

Sem adoçante nenhum: É verdade que ultimamente tenho visto pão com algum género de açúcar ou adoçante. Leiam os ingredientes!

Experimentem e mostrem!

Fazendo uma salada (de restos)

Sabe sempre bem uma salada feita na hora, mas há saladas que não precisam de ingredientes cozinhados no momento. Além disso, quem não tem sempre alguns restos de algo no frigorífico.

Eu tenho sempre alguns ovos já cozidos para emergências, mas desta vez só tinha frango assado e arroz integral do dia anterior. Bastou adicionar verdes e queijo grego e a salada criou-se a sozinha.

IMG_20180308_120052


Ingredientes:

Frango assado (restos)
Arroz Integral Redondo e Integral Vermelho (Restos)
Queijo tipo Grego (Lidl)
Mistura de verdes (e roxos pelos vistos) frescos para salada (Lidl)
Pevides de Abóbora (Opcional)
Azeite extra virgem (Opcional)

Modo de Preparação:

Desfiar o frango. Cortar o queijo em cubos. Lavar os verdes para a salada. Depois é só juntar tudo e fazer com que pareça bonito.
Eu coloquei azeite e pevides de abóbora, mas podem colocar frutos de casca rija (tipo pinhões e dizer que é uma salada rica) e/ou sementes de girassol ou sésamo. Outros óleos de primeira pressão também são bem vindos.


 

E vocês, o que costumam fazer com os vossos restos?